29/08/2017
Tamanho
 

Na Comissão de Educação, deputado Flavinho debate formação da ética e de valores

Sérgio Francês/Lid. PSB   
Flavinho diz que ética precisa partir de suas bases fundamentais
 

A Comissão de Educação promoveu, nesta terça-feira (29), audiência pública para discutir a educação para a formação ética e de valores. O debate foi subscrito pelo deputado Flavinho (PSB-SP), que acredita ser importante refletir sobre as necessidades e os limites da escola, e discutir o espaço de formação moral e ética. “De nada adianta debater tudo isso de forma teórica se não alcançarmos os alunos, os professores e o ambiente escolar. ”

De acordo com o socialista, os especialistas acadêmicos convidados para a reunião ajudam a entender as implicações de uma educação voltada a valores no Brasil contemporâneo. "Sabemos que a ética, especialmente nos dias de hoje, é definida por setores e grupos. Mas para uma sociedade que deseja mudanças profundas, a ética precisa partir de sua base fundamental", completa Flavinho.

A representante da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Sandra Zita Silva alerta que essa discussão de hoje serve para além da instrução oferecida pela escola. "O Ministério da Saúde pode subsidiar esse debate com toda legislação vigente, pois é ela que vai atender a sociedade. A escola pode e deve formar seres humanos capazes de transformar a realidade que vivemos, apesar que dentro dela também temos questões tão complicadas quanto as que confrontamos na sociedade", explica.

O professor e representante do Instituto de Educação em Valores Humanos, Gonçalo Vicente Medeiros, também participou da reunião e afirmou que valores não se aprendem com teoria, e sim, com a prática da vivência diária em sociedade. "Hoje vemos muitos alunos preocupados em atingir a excelência acadêmica e esquecem da excelência humana, que tão pouca é ensinada. Aprendemos o que é a verdade quando entramos dentro de si, através das práticas dos valores humanos. Uma dessas verdades é gostar de si mesmo".

Flavinho também acredita que uma criança de 13 anos está pautando suas ações no que ela vê na TV, escuta em sala de aula, ou no que lê na internet. "Acredito que nosso modelo escolar está falido. De nada adianta uma instituição formar um excelente profissional, se ele não tem ética. Não dá para colocar uma cor sobre essa discussão, é hora de rever o que realmente queremos para o futuro de nosso país e nossas crianças", finaliza.

Rhafael Padilha
 
Mais notícias sobre Educação
19/12/2017 - PL com relatoria de Átila Lira é contra ensino à distância em cursos da área de saúde
23/11/2017 - Comissão aprova PL com relatoria de Danilo Cabral para beneficiar a sistema de ensino
29/08/2017 - Na Comissão de Educação, deputado Flavinho debate formação da ética e de valores
11/05/2017 - Para Stédile, o Brasil precisa investir em leitura para ter um país desenvolvido
11/04/2017 - Flavinho quer debater a versão final da Base Nacional Comum Curricular
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.