24/05/2018
Tamanho
 

Censo Agropecuário é tema de audiência solicitada pelo deputado Heitor Schuch

Sérgio Francês   
Deputado Heitor Schuch preside audiência pública
 

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural realizou, nesta quinta-feira (24), audiência pública para tratar do Censo Agropecuário 2017, com enfoque prioritário sobre os dados coletados da agricultura familiar. Solicitado pelo deputado Heitor Schuch (PSB-RS), o debate contou com a presença de representantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG); da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); e da Universidade de Brasília (UnB).
 
De acordo com Schuch, a coleta de dados do 11° Censo Agropecuário Brasileiro foi encerrada pelo IBGE em fevereiro deste ano. Existe grande expectativa para a divulgação dos resultados, especialmente com relação à agricultura familiar brasileira, já que o último censo foi realizado em 2006. Ainda naquele ano, as informações apontavam que, no Brasil, havia mais de 4 milhões estabelecimentos de agricultura familiar, que representam 84,4 % do total das propriedades com produção agropecuária, mas ocupam apenas 24,3% das terras. 
 
Os dados finais, que devem ser divulgados em julho, mostrarão o perfil do produtor rural, alfabetização e escolaridade, utilização das terras, entre outras informações. Outra informação importante será a idade dos agricultores brasileiros. Segundo o parlamentar, com essas atualizações, será possível fazer recortes relevantes de cunho social e identificar tendências, entre, elas o envelhecimento dos produtores e o êxodo rural. 
 
Coordenador do Censo, Antonio Florido confirmou que os números levantados até agora apontam para uma tendência de aumento da idade média dos trabalhadores agropecuários no Brasil. “O produtor está envelhecendo e não existe reposição nas camadas etárias mais baixas”, observou. Ele também informou que os trabalhadores do setor têm buscado outras fontes de renda além das suas atividades tradicionais.
 
A coordenadora do Programa de Agricultura Familiar da Embrapa, Daniela Bittencourt, alertou que os jovens não querem mais ficar no campo. “Para mantê-los, temos que buscar soluções para os sistemas produtivos, buscar tecnologias específicas para cada área e apoiar o pequeno produtor. A tecnologia não está chegando ao pequeno; ou, se está chegando, não corresponde à sua realidade. Vamos poder mudar isso conhecendo a realidade de cada região do País”, afirmou. 
 
Na ocasião, Schuch ponderou que o aumento da idade da população rural é sinal positivo do crescimento da expectativa de vida dos brasileiros, mas ressaltou que isso gera a necessidade de novas políticas públicas. “Precisamos fazer a sucessão rural e segurar a juventude no campo. O Censo Agropecuário apontará caminhos nesse sentido”, destacou. 
 

Moreno Nobre
 
Mais notícias sobre Agricultura familiar
24/05/2018 - Censo Agropecuário é tema de audiência solicitada pelo deputado Heitor Schuch
21/02/2018 - Deputado Heitor Schuch destaca os desafios para a agricultura familiar este ano
28/11/2016 - Controle na importação de alho é tema de audiência com ministro Padilha
17/11/2016 - Projeto proíbe a imposição de condições bancárias para créditos pelo Pronaf
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.