10/07/2019
Tamanho
 

Programa que trata de homens agressores é debatido em comissão da Câmara

Sérgio Francês   
 

A violência doméstica apresenta números alarmantes no Brasil. Nos últimos meses, 1,6 milhão de mulheres foram espancadas, entre os casos de violência, 42% ocorreram no ambiente doméstico. O País ocupa o 5º lugar no ranking de feminicídio. Além da necessidade de uma rede de apoio para estas mulheres, delegacias de São Paulo iniciaram programas que visam tratar o homem agressor.

Com resultados positivos no combate à violência contra mulheres, o Programa Homens Sim, Conscientes Também foi tema de audiência pública na Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres. A socialista Rosana Valle (SP) foi autora do requerimento para realização do debate. “Sei do sucesso que este programa está fazendo em nosso estado. Estou estudando a elaboração de um projeto de lei com o objetivo de implantar o programa em todas as delegacias do Brasil”, disse.

A delegada da Delegacia de Defesa da Mulher de Diadema (SP) Renata Cruppi foi idealizadora do Programa. De acordo com ela, a concepção do programa começou em 2014 e dados de 2018 mostram que menos de 1% dos homens atendidos voltaram a ter boletim de ocorrência. “Buscamos saber sobre as inseguranças destes homens com o objetivo de ensiná-los a praticar o autocontrole emocional. Os grupos se reúnem em seis encontros de 15 em 15 dias e contam com a ajuda de profissionais de diferentes áreas para trabalhar o problema”, contou.

A iniciativa está sendo adaptada em diversas delegacias de São Paulo. Para Rosana Valle, ações que têm bons resultados devem ser compartilhadas. “Na Câmara, estou imbuída a defender o combate ao feminícidio e formas de prevenção a ele”, disse.

Andrea Leal
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.