17/07/2019
Tamanho
 

“A democracia está em risco”, afirma o deputado Alessandro Molon

Sérgio Francês   
Deputado Alessandro Molon discursa a favor da democracia
 

A situação política atual, de aparente normalidade que se vive hoje no Brasil, foi tema do discurso do deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), líder da Oposição na Câmara, em sua participação no Pense Brasil, que aconteceu nesta terça-feira (16). O parlamentar integrou a última mesa de debates, junto com Guilherme Boulos e Fabio Maia, que discutia o Estado contra a sociedade e os direitos humanos.
 
Molon argumentou que, dentro dessa aparente normalidade política, os cidadãos que não concordem com a ideia de que a democracia está em risco podem questionar essa visão e argumentar que o Congresso funciona normalmente, assim como o Judiciário. Além disso, não se fala em adiamento de eleições, por exemplo. 
 
No entanto, o socialista afirmou que há sim ameaça à democracia. Principalmente porque, em seu ponto de vista, o atual presidente foi eleito não apenas pelo que representa, mas, sobretudo, pelo que não representa. Ele acrescentou aos elementos que levaram a eleição de Bolsonaro, a defesa dele pela segurança pública e a figura antissistema que ele representa. “Boa parte dos votos que a ele foram dados, foram dados não para elege-lo, mas para derrotar o seu adversário”, afirmou. 
 
A questão da liberdade de imprensa também foi lembrada pelo parlamentar, já que nos últimos dias discutiu-se bastante a possibilidade de prisão do jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept, responsável por divulgar as conversas entre Sergio Moro, então juiz da Lava Jato, e o procurador da Força Tarefa, Deltan Dallagnol.
 
Também circularam boatos de que o atual ministro da Justiça teria envolvimento com essa possibilidade de prisão. Para Molon, por mais que sejam boatos, só o fato de nos perguntarmos sobre isso, já é um sinal preocupante nos dias de hoje. “Vai matando aos poucos. É pelo sufocamento do ambiente, por certos medos que se passam a ter que antes não se tinha”, completou.
 
Para o presidente do PSB, Carlos Siqueira, a crise que o País vive é “essencialmente política” e decorre do enfraquecimento dos partidos políticos, que são os pilares de uma sociedade democrática. Ela foi criada, em grande parte, pela proliferação de siglas e pela ausência de uma reforma política profunda capaz de criar os mecanismos necessários para a defesa da própria democracia. 
 
Ele recomendou que os socialistas “não evitem fazer política ideológica” diante do governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro. “O que foi vitorioso nas últimas eleições foram ideologias que se negam, mas é o que mais se faz. Os partidos não se baseiam apenas em eleição, mas em ideias que os sustentam do ponto de vista ideológico e utópico. O que estamos vivendo hoje não deve ser motivo para abaixamos a cabeça, mas sim para redobramos nossas forças, energias e capacidades para irmos a um patamar diferente.”
 
Pense Brasil - Trata-se de um programa de seminários em que a FJM, mantida pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), debate os temas de maior relevância para o País, buscando refletir e propor soluções para os pontos mais candentes em políticas públicas. A partir das reflexões feitas, será possível organizar um conjunto de diretrizes fundamentais para o avanço das pautas progressistas.      
 

Moreno Nobre
 
Mais notícias sobre Política
17/07/2019 - “A democracia está em risco”, afirma o deputado Alessandro Molon
19/02/2019 - Para JHC, recuperar a credibilidade do Legislativo é um dos desafios desta legislatura
13/02/2019 - PSB contribuirá com propostas qualificadas para Reforma da Previdência, afirma Tadeu Alencar
08/02/2019 - Deputado Rodrigo Agostinho chega à Câmara com promessa de política simples e transparente
05/02/2019 - Deputado Gonzaga Patriota sai em defesa do Nordeste e dos direitos do trabalhador
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.