05/09/2019
Tamanho
 

Deputado Rodrigo Agostinho defende crescimento do controle biológico de pragas

Sérgio Francês   
Rodrigo Agostinho solicitou realização de audiência pública
 

Em audiência pública solicitada pelo deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS) e a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural debateram o uso de organismos vivos para o controle biológico de pragas, nesta quinta-feira (5). 
 
Presidente da CMADS, Agostinho explicou que propôs o debate por que era preciso enfrentar essa discussão. Só neste ano, por exemplo, mais de 300 agrotóxicos foram liberados no Brasil e a maioria deles são fórmulas já conhecidas do agricultor. Sem falar que o Brasil é o maior usuário de veneno do mundo, de acordo com o parlamentar. “Nós precisamos nos antepor a isso com inteligência”, disse.
 
Segundo o socialista, existe um mercado crescente para o controle biológico de pragas, que é uma forma de levar comida saudável para a mesa das pessoas, sem veneno, produto químico e é preciso incentivar esse setor. “A Embrapa está numa situação desesperadora, a pesquisa científica no Brasil está numa situação desesperadora por conta dos cortes de orçamento. Precisamos valorizar estes institutos de pesquisa, as pequenas empresas que estão surgindo no mercado para colocar esses produtos à disposição da agricultura brasileira. É um novo caminho que precisa ter um olhar especial”, destacou.
 
Agostinho reforçou que é preciso usar a inteligência para enfrentar o lobby do setor de agrotóxicos e favorecer o crescimento do controle biológico. Para ele, não adianta simplesmente dizer que vai proibir a utilização de agrotóxicos. É preciso dar uma alternativa para o agricultor.
 
Ele lembrou que o Brasil é um país quente e úmido, que favorece a multiplicação de pragas, mas por outro lado existe toda uma possibilidade da ciência, com a própria biodiversidade, em fazer o enfrentamento dessa situação. “Temos que mostrar que existe um mercado consumidor que quer produtos orgânicos e saudáveis”, disse.
 
Além disso, o parlamentar alertou para o fato de que as altas taxas de neoplasia no Brasil podem ser relacionadas ao uso de agrotóxicos. No entanto, ele esclareceu que ainda não se sabe ao certo a origem disso, mas que uma parte pode ser pelo fato das pessoas ingerirem alimentos contaminados e pela utilização inadequada de venenos.

Moreno Nobre
 
     
 
     
 
       
 
Liderança do PSB na Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados - Anexo II - Bloco das Lideranças Partidárias Sala 114 Fone: (61) 3215-9650 - Fax: (61) 3215-9663
Assessoria de imprensa: (61) 3215-9656 • e-mail: imprensa.psb@camara.gov.br ® 2016 • Liderança do PSB na Câmara. Todos os direitos reservados.